terça-feira, 31 de maio de 2011

Se tem algo que detesto realmente nessa vida, é quando pessoas forçam sentimentos, quando dizem coisas que não sente verdadeiramente, quando se alimenta das derrotas dos outros, quando sentem a necessidade de humilhar os outros só pra ter a merda do ego inflada, se achar superiores. Tenho medo de gente que coloca o dinheiro como prioridade de vida, de gente que namora ou casa por interesse e que só sorri ironicamente. Não gosto de quem diz que chorar por alguém é sinal de fraqueza, que amar tem idade e que alguns sonhos são impossíveis. Fujo de pessoas que forçam amizade, que fazem marketing de si mesmos, que não se importam com os sentimentos do próximo e acham que amar é estupidez. Acho feio quem conta vantagem, quem se faz de santo, pessoas hipócritas que dizem que beleza não importa e só pensam em namorar o cara mais popular ou a menina mais bonita do colégio. Tenho raiva de pessoas que não respeitam os próprios pais ou que ficam que nem urubus “pastorando” alguma desgraça. Tenho pena de quem vive querendo provar que Deus não existe, de quem brinca de juiz e vive julgando os outros. Tenho medo de magoar as pessoas, de falar coisas ásperas e me arrepender depois. Não tenho medo de cair, tenho medo é de ficar no chão. Não tenho medo de acordar de algum sonho lindo, tenho medo é de não fazer nada diferente na minha vida, de me contentar com tudo, de aceitar que algo é impossível e de quem eu realmente amo, um dia desistir de mim.

Um comentário:

  1. Oi!!! Adorei seu blog!!! Vou voltar mais vezes!!! E obrigado por linkar o meu!
    Beijos

    ResponderExcluir